E-BOOK

Créditos de

Pis e Cofins

com débitos previdenciários

Como utilizá-los como uma ferramenta para otimizar o fluxo de caixa do seu negócio

Preencha o formulário e clique no botão abaixo.

Você receberá um e-mail em seguida para acessar nosso e-book.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Já faz tempo que muitas empresas apuram créditos em suas aquisições maiores do que os débitos sobre suas receitas. Por causa do regime não cumulativo, elas acabam encerrando suas apurações com saldos credores em tributos tais como o Pis e Cofins.


Apesar de existirem outras maneiras de acumular saldo credor em tributos federais – dependendo da regra de cada um deles –, a utilização dos créditos disponíveis passou a ser possível apenas depois de uma lei do começo dos anos 1990. Ela permitiu que as empresas compensassem seus débitos por meio de créditos de tributos federais da mesma espécie.


Essa mudança é que passou a ser chamada, entre os profissionais da área tributária, de compensação cruzada, uma referência à possibilidade de cruzar débitos e créditos de impostos diferentes.


Como isso impacta no fluxo de caixa do seu negócio? Baixe o e-book e descubra!

Quer saber mais? Entre em contato com nossos consultores:

FALE COM A FUNCIONAL